.




"Eu, viva e tremeluzente como os instantes, acendo-me e apago, acendo e apago, acendo e apago. Só que aquilo que capto em mim tem, quando está sendo agora transposto em escrita, o desespero das palavras ocuparem mais instantes que um relance de olhar. Mais que um instante, quero o seu fluxo."

[Clarice Lispector]

1 comentários:

Valvesta disse...

Olá amiga, gosto muito de Clarice como pode ver no meu blog, alma que se identifica, boa semana e beijos.

Postar um comentário